AGORA NO STUDIO ROLAND TEM PRODUTOS VALMARI

Novidade... Pertinho de você!!!

Agende sua visita para conhecer os produtos VALMARI - consumidores finais e profissionais com uma linha de produtos dedicada ao tratamento estético corporal e facial.

Acne | Oleosidade | Espinhas, Antiage | Rugas | Flacidez, Area dos olhos,
BB Cream | Filtro solar, Celulite | Firmeza | Reduçao de Medidas, Clareamento | Manchas, Estrias, Hidratação Profunda, Lift instantâneo|Pre-maquiagem, Maos | Pes,
Mascara, Peeling | Esfoliante, Pele Sensíveis | Delicadas, Sabonetes|Tonicas|Demaquilante


Sandra Oliveira Personal Care Valmari

29 de set de 2011

DEPILAÇÃO


Depilar é preciso, mas às vezes os pêlos são substituídos por manchas, espinhas ou irritações na pele. Para evitar o problema, é necessário escolher o método certo de depilação e aplicá-lo corretamente. Os prós e contras das várias opções e as dúvidas mais freqüentes sobre o tema foram respondidas aqui por médicos, esteticistas e fabricantes de produtos para depilação.

Dúvidas mais freqüentes

A depilação pode engrossar ou afinar o pêlo?
Os métodos que eliminam o pêlo pela raiz, como as ceras depilatórias, quando repetidos muitas vezes, podem afinar o pêlo ou provocar falhas na região depilada. Mas basta usar uma ou duas vezes uma técnica de depilação superficial, que corte o fio rente à pele, como as lâminas, para engrossá-lo novamente.

Por que depois da depilação aparecem espinhas na pele?
Esses sinais que surgem na pele têm aparência de espinhas mas na verdade são foliculites, inflamações na saída do pêlo (folículo). Sua principal causa são os pêlos encravados, que não conseguem romper a pele, causando inflamação.

Como livrar-se das foliculites?
É indicada a aplicação de um antiinflamatório, como Nebacetim, duas vezes ao dia. Em casos mais graves, sempre sob orientação médica, deve-se aplicar cremes com antibióticos. Quando nenhuma dessas medidas funciona, receitam-se antibióticos por via oral.

Foliculites podem se transformar em cistos?
Não. A formação de cistos é causada por alterações no funcionamento das glândulas e não está relacionada com a depilação.

A depilação pode deixar manchas na pele?
Sim. Toda vez que ocorre uma infecção na pele, há uma maior produção de pigmentos no local. É uma resposta natural do corpo. Essa mancha pode surgir quando há pêlo encravado ou foliculite e a região é manipulada. Isso traumatiza a pele e estimula seu escurecimento.

Como eliminar essas manchas?
O mais indicado é o uso de cremes clareadores, à base de hidroquinona e/ou ácido kógico, receitados pelo dermatologista. Também é importante evitar o sol no local da mancha. Em casos mais graves o médico pode recomendar o peeling, que provoca uma renovação da pele e elimina os sinais.

Existem mulheres com mais tendência a esses sinais?
Sim. As mulheres de pele morena têm maior capacidade de pigmentação, o que aumenta a tendência para manchas. Gestantes também devem tomar cuidados redobrados.

Como preparar a pele para a depilação?
Na véspera, deve-se esfoliar a pele e não aplicar cremes pesados ou óleos no corpo. No dia, o ideal é fazer a depilação depois do banho, com a pele limpa e livre de produtos que contenham álcool. Esses cuidados evitam infecções e o aparecimento de pêlos encravados.

Como cuidar da pele depois da depilação?
Ela deve ser higienizada com água e sabonete neutro. Em seguida aplica-se um hidratante suave ou gel à base de calêndula ou camomila para amenizar irritações. Se a intenção é se prevenir contra pêlos encravados, o uso de gel com azuleno é a melhor opção. Estão proibidos talco, antiinflamatórios, álcool, perfumes ou cremes pesados logo depois do procedimento. Além de desnecessários, esses produtos agridem a pele e podem estimular o aparecimento de pêlos encravados ou pequenos machucados no local aplicado.

Qual a melhor técnica para evitar pêlos encravados?
A lâmina de barbear não costuma provocar esse problema. Como o método não arranca o pêlo pela raiz, não prejudica seu crescimento.

Passar desodorante nas axilas logo depois da depilação pode irritar a pele?
Sim. As substâncias químicas e o álcool presentes no desodorante agridem a pele que está sensível. O ideal é deixar a região sem nenhum cosmético por 12 horas.

Por que é mais dolorido depilar no período pré-menstrual e durante a menstruação?
Nessas fases, as alterações hormonais deixam o corpo da mulher mais fragilizado. A depilação passa a ser um estímulo agressivo e doloroso.

Por que algumas mulheres sentem mais dor ao depilar a pele durante o inverno?
Nos dias frios, involuntariamente, contraímos a musculatura, que fica mais tensa e sensível. Com isso, o ato de puxar a pele torna-se mais doloroso e traumático para o corpo.

A eletrólise é um método eficiente?
O resultado é positivo, mas o método é dolorido e lento. Para que 40% a 60% dos pêlos sejam eliminados definitivamente, as sessões devem ser feitas durante cerca de dois anos. Esse tipo de depilação é feito com agulhas ou pinças que destroem a raiz do pêlo com pequenas descargas elétricas.

by: http://marieclaire.globo.com/edic/ed115/rep_depilacao.htm

Os pelos e os hormônios

Ter pelos em lugares variados do corpo é natural. Mas como saber quando eles estão fora de controle? É aí que entram os hormônios: responsáveis pelo crescimento natural dos pelos, quando estão desequilibrados podem ser as causas de pelos em maior quantidade, mais grossos, mais escuros e em regiões específicas.

Segundo a endocrinologista Ruth Clapauch, os hormônios responsáveis pelo crescimento de pelos são os hormônios masculinos, produzidos nos ovários e nas glândulas adrenais – aquelas que ficam em cima dos rins. “As adrenais fazem nascer os primeiros pelos nas axilas e virilhas. Depois, continuam fazendo com que eles fiquem mais grossos e escuros – o que é diferente da penugem que cobre o corpo todo; essa não tem influência hormonal”, explica a médica. E esses hormônios atuam, nas mulheres, em nove áreas do corpo, incluindo costas, buço, queixo, maxilar e pescoço, virilha, barriga e em volta dos mamilos.



Pode parecer estranho à primeira vista, mas é normal que toda mulher produza testosterona, hormônio presente em maior quantidade nos homens. Algumas doenças, porém, fazem com que exista testosterona demais no corpo – daí, o crescimento anormal de pelos. “A mais comum, disparado, é a síndrome do ovário policístico”, esclarece Ruth.

O crescimento anormal dos pelos pode ser um dos sinais para você diagnosticar a disfunção – mas é preciso ficar atenta, pois esse fator também depende da genética; ou seja, mulheres com pouca tendência a ter pelos podem não desenvolver esse sintoma, e mulheres com tendência a pelos mais grossos e em mais quantidade podem tê-los sem que isso tenha relação com disfunções hormonais. Outras disfunções que podem causar o crescimento de pelos são aquelas ligadas às glândulas adrenais – mais raras.

Outros problemas não ligados diretamente ao aumento dos hormônios masculinos, como o hipertireoidismo, também agravam o crescimento dos pelos, por agir na metabolização desses hormônios. Grávidas também podem experimentar esse sintoma – mas, nesse caso, trata-se de algo passageiro.
Fique atenta a essas dicas:

- O crescimento anormal de pelos pode ter a ver com alguma disfunção hormonal. Por isso, se notar que estão crescendo pelos em seu rosto ou seio, por exemplo, consulte logo um médico.

- Todas as disfunções hormonais podem ser tratadas com remédios.

- Se os pelos estiverem te incomodando, vale usar qualquer método depilatório para acabar com eles. Só lembre-se: se forem no rosto, por exemplo, nada de lâmina!


by Laura Folgueira
http://custom.yahoo.com/depilaca

Esmalte que muda de cor no sol é lançado na Beauty Fair

Os lançamentos de esmaltes tomaram conta da feira de beleza Beauty Fair, que encerra hoje sua sétima edição em São Paulo. Vidrinhos coloridos e cheios de adereços invadiram os stands anunciando a chegada do verão 2012, mas a grande novidade ficou por conta dos esmaltes que mudam de cor quando expostos ao sol.

A Top Beauty chega com o “One for Two”, que promete a mudança total da cor em contato com a luz solar. Por exemplo: o azul claro vira verde, o lilás vira roxo e o rosa claro vira pink. São doze variações em tons pastel, entre cintilantes e cremosos.

Top Beauty traz 12 cores na linha "One for Two"

Já a Rivka apresentou a coleção “UV Mood”, que traz nomes inspirados nas personagens da série Pretty Little Liars. Transparente como uma base, o produto é aplicado nas unhas e ganha uma coloração diferente com a exposição aos raios do sol. Está disponível nas cores verde, amarelo, rosa, lilás e azul.

Em contato com a luz solar, os esmaltes da coleção "UV Mood" mudam de cor


BY: Andrea Giusti, iG
http://delas.ig.com.br/beleza/unhas/esmalte

ESMALTER QUE DURAM ATÉ 21 DIAS



Manter o esmalte intacto nas unhas por mais de uma semana é um desafio até mesmo para as mulheres cuidadosas. Mas novos produtos que chegam ao mercado prometem uma durabilidade maior que os esmaltes comuns e unhas impecáveis por 14 ou até 21 dias, sem lascar nem perder o brilho. É o caso da marca americana Shellac. O produto, encontrado em alguns salões do Brasil, é aplicado normalmente pela manicure, porém tem secagem em cabine de luz UV a cada camada: base, esmalte e extrabrilho.

No teste realizado pelo Delas, o Shellac resistiu ao dia a dia e durou três semanas nas unhas – 21 dias. Após esse período o produto perde um pouco do brilho e, além disso, uma falha começa a aparecer na linha da cutícula, em função do crescimento das unhas.

Em São Paulo, o salão Tampopo faz a aplicação do Shellac por R$ 140. “É preciso um treinamento para saber aplicar direito”, aponta a manicure do local, Teka Meleiro. No Rio de Janeiro, o Espaço Guto Leça Hair & Spa faz o serviço por R$ 38. As cores ainda são limitadas, em grande parte clarinhos, rosa, vermelhos e marrons.

A marca Fing´rs também já anunciou o lançamento de um esmalte gel, que deve chegar às lojas e salões em outubro. O preço estimado é de R$ 45 para o esmalte e R$ 35 para o top coat, mas quem quiser levar o kit para casa precisa investir também em uma pequena cabine de luz.

Além da maior durabilidade, esmaltes em gel oferecem uma solução para quem tem alergia às formulas convencionais ou sofre com unhas frágeis. A retirada do Shellac é feita com um produto específico ou com removedor comum de esmaltes, deixando um algodão embebido em cada unha por alguns minutos.

FONTE: http://delas.ig.com.br/beleza/unhas

26 de set de 2011

OMBRÉ HAIR é tendência para os cabelos no verão 2011


Você já deve ter ouvido falar das famosas madeixas com efeitos Sun Kiss, as lindas pontinhas californianas, ou mesmo mechas invertidas - aquelas em que a cor da mecha totalmente oposta ao da raiz.

O que está fazendo agora a cabeça das celebridades - nacionais e internacionais - é o chamado "Ombré Hair".

O Ombré Hair é responsável por dar aquele ar de "cabelo queimado pelo sol", mas não do mesmo jeito que as mechas californianas fazem. "Ombré Hair é a gradação acentuada da cor usando a base natural do cabelo para criar as nuances mais claras", explica o cabeleireiro Sandro Almeida, do Spazio Stella Cau, em São Paulo. Ou seja, o efeito de mesclas fica natural e lindo! "O grande diferencial da técnica é que o degradê é mais sutil e possui variação nas cores com algumas mechas mais claras para destacar", completa o profissional. Divas como Drew Barrymore, Alexa Chung, Jessica Biel, Vanessa Paradis, Julia Roberts se apaixonaram por esse efeito e já foram vistas desfilando com suas madeixas coloridas por aí.

O bacana é que o Ombré Hair pode ser feito em diversos tipos de cabelo, não só nos lisos ou loiros, como muitas podem pensar. "Qualquer tipo e cor de cabelo pode ser feito o Ombré Hair", garante o profissional. "A diferença é que a técnica muda de acordo com o tom e curvatura de cada cabelo para dar o efeito. O mais importante é não deixar que a divisão das mechas seja notada".

Se você é uma dessas alucinadas que adora experimentar, pode ser que o Ombré Hair seja para você, mas tenha em mente que, por conta das diversas camadas de cores, esse tipo de visual requer um cuidado mais delicado. "Como toda química, ele também resseca o cabelo. Sempre indico hidratação a cada 15 dias no salão com produtos profissionais. Em casa é legal lavá-los e hidratá-los com produtos que tenham queratina em sua composição e para finalizar recomendo usar um leave-in de boa qualidade, ele define o cabelo e mantêm os cabelos hidratados o dia inteiro", indica.


Dependendo do comprimento do seu cabelo, você não precisará se preocupar com a manutenção do efeito. Cabelos médios, por exemplo, podem ser retocados somente a cada quatro meses. Nada mal, hein? Fora isso, Sandro dá uma sugestão da cor favorita dele para fazer esse tipo de técnica. "Eu prefiro uma cor como pérola, para cabelo na altura do loiro escuro, e uma cor mel na altura de um castanho". Por Tissiane Vicentin (MBPress)

By: http://vilamulher.terra.com.b

25 de set de 2011

CURIOSIDADES SOBRE OS CABELOS


Estrutura básica dos fios de cabelo:
- O ser humano médio possui 100.000 fios de cabelo.
- Os ruivos, 90.000.
- Os que tem cabelos pretos, 110.000.
- Os louros, 140.000.

O diâmetro médio do fio de cabelo depende de vários fatores, principalmente da raça do indivíduo. Os louros variam entre 0,017 a 0,051 mm e os de cor escura, entre 0,064 e 0,1 mm.


Um simples fio de cabelo pode suportar em média até 100 gramas de peso antes de se romper. Isso significa que todos os cabelos da cabeça podem juntos, pelo menos teoricamente, suportar o peso de dois elefantes africanos adultos (~ 5.000 kg cada).

- Crescimento médio anual: 12 cm.
- O cabelo feminino cresce mais devagar que o masculino.
- O cabelo masculino é mais denso que o feminino.
- Acima de 50% dos homens com idade na faixa de 50 anos, tem a queda de cabelos segundo um padrão definido masculino.
- 40 % das mulheres na época que atingem a menopausa, terão um padrão feminino hereditário de queda dos cabelos.
- Em geral, 90% dos fios de cabelo estão em crescimento e 10% em repouso.
- Distúrbios da tireóide e deficiência de ferro no organismo são fatores reversíveis da queda do cabelo.
- A maioria das drogas e vários tipos de medicamentos causam a queda dos cabelos.
- Pode-se perder mais de 50 % dos cabelos antes de que se torne evidente para as outras pessoas.
- É normal a perda de 100 fios de cabelo por dia e esse número ainda varia segundo vários fatores, entre eles, a alimentação, o estado de saúde e hábitos individuais.
- Diariamente nos adultos médios, a soma total do crescimento dos fios de cabelo atinge 35 metros.
- O cabelo é o tecido humano que mais cresce no corpo.
- Pontas de fios quebrados não podem ser consertadas e devem ser cortadas.
- Cortar os cabelos não interfere com seu crescimento.
- O cabelo cresce mais no clima quente do que no frio.
- Nas pessoas idosas o cabelo cresce menos e torna-se menos denso.
- A higiene correta não resseca os cabelos.
- A lavagem frequente não aumenta a queda de cabelos.
- Pentear é menos prejudicial do que escovar.
- Massagear regularmente o couro cabeludo, aumenta o fluxo sanguíneo que irriga as raízes dos cabelos.
- A poluição é prejudicial aos cabelos; ela enfraquece e tira seu esplendor. É particularmente prejudicial aos cabelos oleosos, uma vez que atrai e retém as impurezas contidas na atmosfera.
- A umidade estica os fios do cabelo.
- A textura ou trama do cabelo é determinada pelo diâmetro individual de cada fio.
- O cabelo não revela a que sexo pertence a pessoa.
- Cabelos de pessoas da raça negra crescem mais devagar e são mais frágeis que os de outras raças.
- Cabelos de pessoas asiáticas crescem mais rápido e possuem maior elasticidade.
- Africanos e europeus são mais propensos a ficar carecas do que os asiáticos


FONTE: www.vocesabia.net/ciencia/curiosidades-sobre-os-cabelos

TRASFORMAR A COR DOS CABELOS EM CASA


DOSE CERTA:
• A quantidade de tinta utilizada varia de acordo com o comprimento e o volume dos fios. Muitas vezes, é necessário mais do que um tubo.

MAIS SEGURO:
• É indicado que a primeira mudança de cor seja feita no salão. Fazer a manutenção em casa é mais fácil.

PASSO A PASSO:
• Divida o cabelo em mechas. Comece a coloração pela nuca e vá subindo para o topo da cabeça.

Caso tenha fios brancos, a aplicação deve ser iniciada pela região onde eles se concentram mais.

DE OLHO NO RÓTULO:
• Quando fizer o retoque, use a mesma marca de tinta utilizada anteriormente. As tonalidades podem ter variação de um fabricante para o outro.

REGRINHA BÁSICA:
• Tinta não clareia tinta. Se você achou o resultado de uma coloração muito escuro, saiba que só uma decapagem (descoloração para fios tingidos) retira esses pigmentos. Outra opção é recorrer às luzes para iluminar o visual.

MAIS COR:
• Se, pelo contrário, o tom escolhido ficar claro demais, aplique um tonalizante levemente mais escuro.

SEM AMÔNIA:
• Apostar nesse tipo de produto é uma boa pedida para quem não tem muitos fios brancos e quer mudar o visual.

GUERRA AO BRANCO:
• Caso o seu problema seja com o excesso de grisalhos, apenas a coloração permanente pode cobri-los.

Dê preferência às cores naturais, cuja numeração do tom termina em ponto zero (Exemplo: 6.0, que equivale ao louro-escuro).

RAIZ EM DIA:
• Quanto mais contrastante a cor da tinta for à relação ao seu cabelo natural, mais freqüentes devem ser os retoques.

Alguns tons de loiro pedem manutenção a cada 15 dias. Já os castanhos podem receber nova coloração após um mês.

REACENDA A COR:
• Cabelos vermelhos e loiros tendem a desbotar mais rápido.

Para reavivar a tonalidade das madeixas, aplique de vez em quando um tonalizante na mesma cor da coloração.

A cor ideal para você...

COMBINAÇÂO PERFEITA:
• Antes de escolher o novo tom para as madeixas, é preciso ficar atenta a cor da pele, dos olhos e das sobrancelhas. O tom escolhido deve harmonizar o visual.

DE OLHO NO CUSTO:
• Saiba que cada cor tem sua particularidade. Os loiros precisam de mais hidratação (pois, em geral, exigem descoloração) e retoques constantes.

Por desbotarem com mais facilidade, os avermelhados pedem manutenção regular no tom, mesmo que a raiz crescida não esteja evidente.

Já os castanhos são os mais fáceis de manter.

CORES EXTREMAS
• O loiro-platinado só fica bem nas mulheres bem claras e rosadas, assim como o preto-intenso.

“Esse tom escuro funciona em peles perfeitas, sem manchas ou olheiras”.

PARA TODAS
• Já as cores loiro-escuro e castanho-claro são democráticas e combinam com qualquer tom de pele.

“Em geral, os marrons-quentes também valorizam qualquer tonalidade de cútis”.

CUIDADO COM ELES
• Tons acinzentados demais, mates ou preto costumam envelhecer a mulher.

LOIRA NA MEDIDA
• Negras e orientais devem tomar cuidado co a gama de loiros.

Optar por uma base em loiro-escuro e realizar apenas luzes é uma boa opção


fonte:http://www.belezain.com.br/cabelo/kikotrans.asp

PODOGERIATRIA


Com o passar do tempo e as agressões do dia-a-dia implica alguns problemas ao pé da população idosa. Idosos tem algumas limitações funcionais do próprio processo de envelhecimento, sofridos no decorrer da vida.
Existem muitos idosos com problemas ortopédicos e estes resultam na formação de calosidades. É importante ressaltar que nada aparece sem ter uma causa: Calos e calosidades, artrites e artroses , dores e esporões...

Deve-se dar uma atenção especial para manter seus movimentos e evitar a dor. Tratamentos de corte de unhas, calos, calosidades, artroses, joanetes, esporões, unhas mais grossas e dolorosas, feridas, micoses e dificuldade na marcha…

Em alguns casos um calo, já torna a marcha de um idoso quase incapacitante comprometendo inclusive sua postura e gerando outras dores em regiões com pernas, lombares...

Para o podólogo geralmente o desbaste desse calo é rápido e para o idoso é indolor, dependendo de sua profundidade. É importante que não casa onde o idoso mora, idosos tropeçam com mais facilidade, enxergam menos, Escorregam com mais facilidade e quebram seus ossos mais facilmente.

As causas mais freqüentes de acidentes com idosos e que devemos estar atentos são pricipalmente domésticos:
• Subir em cima de bancos, escadas e cadeiras;
• andar no chão (piso) molhado;
• tropeçar em tapetes, passadeiras ou panos soltos nos pisos;
• andar só calçado de meia ou de sapatos com a sola do calçado já gasto ou descolado;
• fios, de telefone ou elétrico, caídos no chão;
• soleiras das portas desniveladas com outro piso formando pequenos degraus;
• banheiros sem tapete antiderrapante, sem barras de apoio no box do chuveiro, no vaso sanitário e na pia;
• uso de sapatos desabotoados, desamarrados ou o uso de chinelos para caminhar.

Atençao aos calçados:
Solado sem amortecedores, finos demais como por exemplo sapatilhas, ou duros demais, sem nenhuma flexibilidade, geralmente são usados para as famosas caminhadas.

Alem de provocar dor ao caminhar, desenvolve-se calos e calosidades, dores nos pés, joelhos e Coluna.

Ao hidratar os pés de um idoso, sempre orientá-lo, quanto ao banho que irá tomar horas depois, que sempre haja um tapete antiderrapante e o uso de chinelos de borracha.

Observe se o tempo está para chuva ou chovendo e se o calçado que o idoso está usando, é aberto.

Na dúvida, não passe creme hidratante nem óleo na finalização do procedimento. A prevenção de acidentes, deve ser considerada e feita, para que se evite maiores problemas para o idoso, para suas famílias e também para voce profissional!

fonte: http://www.centerfreitas.com.br/podologia/index.htm

PODOLOGIA


O termo Podologia origina-se do grego arcaico tendo por prefixo Podos = Pé, Pés e sufixo Logos = tratado, estudo, conhecimento. Formando então Podologia: nome da ciência que trata do estudo dos pés. Podologista/podiatra - termo obviamente com as mesmas origens que designa a pessoa que aplica terapia nos pés, com estudo superior ou técnico - científico adequado em Podologia, aprofundado da anatomia, fisiologia, podopatias e conhecimento biomecânico dos pés.

Podologia é um ramo auxiliar da área da saúde cuja atuação concentra-se na anatomia e fisiologia dos pés. Desenvolve conhecimento biomecânico do tornozelo e dos pés, a fim de compreender a marcha e os problemas que a dificultam, podendo desta forma, implementar tratamento prescrito por profissionais da área médica.

CURIOSIDADES SOBRE O ESMALTE



Do que é feito o esmalte?
O esmalte é composto de:
Nutricelulose: Forma a película (filme), que cobre as unhas.
Resinas: que proporcionam brilho, aderência, resistência e durabilidade.
Solventes: São responsáveis pelo tempo de secagem, facilidade na aplicação e fluidez do esmalte.
Plastificantes:Também responsáveis por resistência, aderência e durabilidade.
Corantes: Que vão dar cor aos esmaltes.
Agentes de Suspensão: Auxiliam a manter os corantes suspensos
sem decantar o produto.

Os esmaltes podem deixar as unhas quebradiças?
Não. Unhas quebradiças podem estar relacionadas a carência de alguns nutrientes no organismo ou a alguma doença específica. Para maiores informações consulte um especialista.

O esmalte pode provocar alergia?
Sim. Apesar das avaliações rigorosas e dos testes de segurança que realizamos com nossos produtos e ingredientes, algumas pessoas são sensíveis a ingredientes específicos, que podem ser fragrâncias ou colorantes contidos nos esmaltes. Para garantir a segurança na aplicação a consumidora deve consultar o contra-rótulo do esmalte e verificar quais são as substâncias contidas neste produto.

Como evitar que as minhas unhas fiquem amareladas?
Para evitar que as unhas fiquem amareladas deve-se aplicar uma base de boa qualidade antes da esmaltação. Como algumas unhas são muito porosas ao aplicar esmaltes com maior concentração de pigmentos eles ficam retidos nos poros dificultando a remoção.
No entanto atenção: unhas amareladas também podem ser um sinal de que algo não está bem. Em caso de dúvida, consulte um especialista.

Por que a unha absorve o corante do esmalte?
Algumas unhas são muito porosas e ao aplicar esmaltes com maior concentração de pigmentos eles podem ficar retidos na unha dificultando sua remoção. Para reduzir este efeito aplique sempre uma base de boa qualidade antes da esmaltação

A unha precisa respirar, ou seja, devemos fazer um intervalo de um dia entre uma pintura e outra?
Não é necessário fazer um intervalo entre uma pintura e outra, pois a unha é uma placa de queratina dura e sem orifícios.

O esmalte pode deixar a unha seca e sem brilho?
Não. Pelo contrário, o esmalte age como um protetor da unha, diminuindo a perda de vapor d’água e prevenindo o contato direto com elementos prejudiciais, como detergente, por exemplo.

Por que o esmalte fica grosso?
O esmalte contém em sua formulação alguns solventes que são responsáveis por sua fluidez e tempo de secagem. Entretanto, quando o vidro não é bem fechado, esta substância, que é altamente volátil, pode evaporar e alterar a textura do esmalte deixando-o mais grosso.

As bolinhas que podem aparecer logo após a esmaltação são causadas somente pelo vento?
Nem sempre. Além de surgirem com o vento e o calor emanados por ventiladores e secadores de cabelo, as bolinhas também podem surgir devido a temperatura do nosso próprio corpo.

Esmaltes escuros deixam as unhas mais fortes?
Não, isso é apenas uma ilusão. As fórmulas-base de todos os esmaltes são muito parecidas, sendo que a única diferença entre os claros e os escuros é a concentração de pigmentos nas fórmulas. Não existe nenhuma comprovação científica de que esmaltes vermelhos, ou mais escuros, deixam as unhas mais fortes do que os esmaltes mais claros.

Porque o esmalte lasca na ponta?
Camadas muito grossas podem ficar pouco flexíveis e facilitar a quebra do esmalte. Antes de aplicar, remova o excesso de esmalte do pincel na boca do próprio frasco e após a aplicação, não se esqueça de remover os excessos da ponta da unha com um pauzinho de laranjeira ou algodão embebido em removedor.


fonte: www.coloramaesmaltes.com.br

23 de set de 2011

RELAXAMENTO A BASE DE HIDROXIDO DE QUARNIDINA


Maxi Touch é a solução para que o processo de relaxamento seja possível, mesmo quando os cabelos forem reprovados no teste de mechas!
A base de Hidróxido de Guanidina, promove desde o relaxamento até o alisamento total dos fios através do sistema de escova definitiva, sem deixar efeitos colaterais. Deixa os cabelos macios e brilhantes com balanço e aspecto naturais.

1. Hair Protect n°0 - Protetor para cabelos danificados - pH 4,0 - 240 ml
Ativos filmógenos especiais formam um filme protéico que, além de proteger os fios da ação alcalina do hidróxido de guanidina, permitindo o relaxamento imediato de cabelos danificados, libera ativos reconstrutores durante o processo. Assim os cabelos excessivamente danificados não só podem ser relaxados, mas, ao final, apresentam-se reestruturados e completamente saudáveis, com muito brilho e maciez.

2. Scalp Care n°1 - Protetor de couro cabeludo - 240 ml
Desenvolvido especialmente para proteger o couro cabeludo da ação alcalina do hidróxido de guanidina, Scalp Care impede que o couro cabeludo venha a apresentar ardência ou descamação durante o processo de relaxamento, além de ser fácilmente enxaguado.

3. Mix Cream n°2A - Creme Relaxante - pH 12,0 - 1000 g
A mistura do Mix Cream com Hig na proporção correta (2X1) forma o creme alisante à base de hidróxido de guanidina.

4. HIG n°2B - Ativador de Guanidina Hi - pH 11,5 - 500 ml
A mistura do Mix Cream com Hig na proporção correta (2X1) forma o creme alisante à base de hidróxido de guanidina.

5. N-Prime n°3 - Condicionador pré-neutralizante - pH3,5 - 240 ml
N-Prime prepara os cabelos para a neutralização no processo de relaxamento. Dá maciez e condicionamento, além de devolver os principais elementos da fibra perdidos no processo químico. A creatina aumenta a resistência dos fios, protegendo-os e reduzindo a agressão, além de ter eficiente ação reparadora e promover a hidratação intracelular.

6. Neutraliz n°4 - Shampoo Neutralizante - pH 4,0 - 500 ml
Neutraliza a ação do hidróxido de guanidina devolvendo aos fios sua condição original de saúde. A creatina aumenta a resistência dos cabelos, protegendo-os e reduzindo a agressão, além de ter eficiente ação reparadora e promover a hidratação intracelular. Doa brilho e emoliência aos cabelos, já que é enriquecido com aminoácidos.

7. Hidracream n° 5 - Complexo Hidratante - pH 4,0 - 240 ml
Hidracream possui ativos especiais que formam um filme sobre os fios evitando a perda de umidade após a ação da química. A cretina aumenta a resistência da fibra, protegendo-a e reduzindo a agressão além de ter eficiente ação reparadora e hidratante. Confere brilho e maciez aos cabelos.

8. Hidraplex n°6 - Reconstrutor e Hidratante - pH 4,5 - 240 ml
Composto por um complexo especial de aminoácidos e minerais, Hidraplex auxilia na recostrução interna da fibra, garantindo sua integridade após o processo de relaxamento. A creatina aumenta a resistência dos fios além de ter eficiente ação reparadora e hidratante. Dá brilho, maciez e saúde aos cabelos.

9. the Guardian n°7 - Reconstrutor Hidratante - pH 6,0 - 120 ml
Termoprotetor e condicionador, the Guardian é o produto que possibilita o processo de escova definitiva, já que evita que o calor da prancha entre em contato direto com os fios. Protege do calor e auxilia no fechamento da cutícula, dando brilho, condicionamento e maciez.

PROGRESSIVA



A Escova de Pérolas Beauty Liss é a última palavra em redução de volume e tratamento dos cabelos. Desenvolvida a base de Lactato de Etalonamina e associações, reduz o volume dos fios deixando-os perfeitamente alinhados. Sem incompatibilidades, sem teste de mechas e com total segurança Beauty Liss pode ser aplicada em todos os tipos de cabelos e é compatível com todas as químicas!
Com extrato de pérolas, rico em vitamina E e diversos aminoácidos, restaura a estrutura danificada dos fios imediatamente, além de protegê-los, hidratá-los, e dotar-lhes de brilho e maciez.
Cabelos soltos, sem volume, hidratados e com brilho incomparável... Um luxo que só a Escova de Pérolas Beauty Liss pode proporcionar!

CAUTER UP - RECUPERAÇÃO DE CABELOS DANIFICADOS





Techwells Cauter Up Profissional Kit Selagem Rápida (2 produtos)







Desenvolvido a partir da mais alta tecnologia voltada para cabelos, Cauter Up traz um novo conceito em tratamento. Recupera cabelos danificados por processos químicos como relaxamentos colorações e decolorações, inclusive cabelos danificados por escovas progressivas à base de formol, de maneira rápida, eficiente e duradoura.

Além de também proteger os cabelos de danos causados por novos processos químicos, Cauter Up potencializa o efeito de futuros tratamentos, resultando em cabelos saudáveis e brilhantes por muito mais tempo.

PROGRESSIVA E RELAXAMENTO



Este é o resultado de um cabelo afro, onde foi realizado um relaxamento seguido de escova progressiva.




Antes de Começar


Couro cabeludo: a primeira coisa a ser analisada, antes de começar o processo de relaxamento, é a saúde do couro cabeludo. Se houver qualquer sinal de que o couro não esteja saudável, como, por exemplo, descamação, feridas ou excesso de vermelhidão, o relaxamento não deve ser realizado.

Incompatibilidades: alguns produtos químicos impossibilitam a aplicação por serem incompatíveis quimicamente ou por danificarem muito os fios. São eles: pó descolorante, colorações em pó, colorações clareadoras ou superclareadoras, água oxigenada de 30 e 40 volumes e colorações com alto teor de amônia.

É imprescindível que o teste de mechas seja realizado, sempre e em todas as vezes, antes de se processar qualquer tipo de cabelo.


Modo de Fazer

* NÃO ALISAR OU ENCARACOLAR OS CABELOS
Apenas relaxar com a massa, o reconstrutor e seguir os passos da escova progressiva.
Se quiser poderá neutralizar no final da progressiva (irá selar os fios) ou condicionar.

Escova Progressiva, pode dar um UP no seu visual após o relaxamento, deixando o cabelo de aparência mais natural.